INICIO  |  SOBRE  |  SERVIÇOS  |  CONTATO  |  BLOG

©2019 by Calo. Desenvolvido por ProxyMed

ESPECIALIDADES

DOENÇAS DO PÉ E TORNOZELO

 

Fascite plantar

 

  A Fáscia Plantar é uma estrutura que cobre toda a superfície inferior do pé (planta ou sola do pé). Quando submetida a sobrecarga ou traumas de repetição, pode ser acometida por processo inflamatório, principalmente na região do calcanhar.
Fascite plantar é sem dúvida uma das doenças mais comuns no pé. É possível tratá-la através de terapias não cirúrgicas.

  Nestes casos, os paciente sofrem com dor local, especialmente de manhã ao acordar ou após longos períodos sentados. Pode atingir qualquer faixa etária, mas os pacientes mais acometidos são os com sobrepeso, corredores e envolvidos com atividade de impacto.

DOENÇAS CONGÊNITAS

 

Pé torto congênito

 

  O pé torto congênito é uma malformação congênita em que o bebê nasce com os pés invertidos para dentro, fletido e com níveis variados de rigidez. O tratamento apresenta melhores resultados quando iniciado logo após os primeiros 15 dias de vida, sendo feito através de manipulações sequenciais com gesso, método desenvolvido por PONSETI. Ao final desse processo, é comum necessitar de um pequeno alongamento do Tendão de Aquiles, que se encontra encurtado.
  Na maioria dos casos, o tratamento com gesso não é suficiente e o paciente pode necessitar de cirurgias maiores para resolução do quadro. É comum algumas “sequelas”, como atrofia da musculatura da panturrilha, pé menor e mais rígido que o não acometido.

Pé cavo

    

  O pé considerado normal apresenta uma concavidade na sua superfície superior, onde apoiamos o chão durante a pisada. Quando essa concavidade é menor que o normal, o pé é considerado plano (ou chato). Quando ocorre o oposto, aumento da curvatura, o pé é chamado de cavo. Existem muitas causas para o desenvolvimento da deformidade, a maioria delas de origem neurológica. A interpretação e o diagnóstico precisos da deformidade e de sua causa são fundamentais para a construção adequada do tratamento.
 

DEFORMIDADES ESQUELÉTICAS

 

  Deformidades esqueléticas são problemas nas estruturas dos ossos que  levam à quebra do alinhamento destes. Isso pode ocorrer devido à fraturas, infecções, tumores e doenças congênitas. Tal problema pode levar a disfunção de músculos e articulações, prejudicando a mobilidade do paciente.
  O tratamento depende de análise individual por causa, localização, idade e demanda de cada paciente. Por isso, não existe um tratamento padrão. Cada indivíduo deve ser tratado de forma particular.